Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
Veja o que se sabe e o que falta ser solucionado sobre mortes de Bruno e Dom
18/06/2022 18:53 em Notícias

Polícia Federal comunicou neste sábado (18) o reconhecimento dos restos mortais pertencentes ao indigenista Bruno Pereira, por meio de uma das arcadas dentárias periciadas.

Um dia antes, os policiais confirmaram que a outra arcada dentária pertencia ao jornalista britânico Dom Phillips, que havia desaparecido desde o dia 5 de junho junto com o brasileiro.

 

O desaparecimento da dupla foi acompanhado nos últimos dias pela imprensa nacional e internacional, e gerou debate sobre a atividade ilegal de grupos na região amazônica.

Bruno Pereira dedicou a carreira à proteção dos povos indígenas. Nascido no Recife, ele tinha 41 anos e deixa esposa e três filhos. Já o britânico Dom Phillips havia se mudado para o Brasil há 15 anos, onde escrevia um livro sobre como salvar a floresta amazônica.

Fonte e foto: CNN BRASIL

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
PUBLICIDADE